quarta-feira, 10 de abril de 2013

CABUMMMMM!

Pois, foi exactamente este o toque de despertar da madrugada de dia 8. Por volta das 4 da manhã, a EDP cá do sítio achou por bem comemorar o Ano Novo chinês, ou coisa que o valha, e a festarola foi de tal forma que os fios dos cabos ficaram todos derretidos. O resultado? Gente que ficou sem a cozinha, televisores e máquinas de café a arder, e assim uma espécie de luzinhas de Natal a percorrer as paredes, as casas, o bairro inteiro...
Cá por casa, andamos desde essa altura a dar banho ao "canina" na casa da tia, a tomar banhos de água fria e a aquecer água na cafeteira eléctrica para lavar a louça (e isto é o pior, o resto dá para gerir).
As noites têm sido assim:

 

Pelo menos, hoje já tenho TV e Net (liguei-me ao mundo a tempo de saber do "embargo" do nosso Ministro das Finanças, desliguei-me logo a seguir).

Agora, serão 2 a 3 semanas à espera do seguro (com caixa baixa, não é piada nem erro tipográfico).

Para (não) variar (nem) um bocadinho, vou continuar a dar uma de fifties housewife,
 já, já a seguir.

Futuro, volta que estás perdoado!!!

Momento SÓCRATES, RELVAS & Co.

Só hoje, a um ano de fazer vinte que entrei na faculdade, é que descobri que poderia ter feito a admissão até com o 8.º ano – pelos vistos, uma portuguesa, nascida e criada sempre em Portugal, pode ter certificado de conclusão da faculdade sem ter completado o 12.º ano.
Dava-me jeito ter sabido disto mais cedo...
  

Nada mais adequado



AKA, «Do curso de História ao curso de Técnica de Informática - Sistemas». Só espero que não seja mais uma volta de 360º, a acabar novamente no #flagelo.
A ver vamos.